101em1001

Mais uma meta aqui cumprida no 101 em 1001!

Essa meta foi bem chata e demorada, porque envolveu muita burocracia (e muita preguiça da minha parte). Como eu acrescentei o nome do Dre, tive que mudar a documentação toda para que não pudesse ter nenhum problema futuro. Cabe lembrar que não é obrigatório a mudança do nome, nós decidimos fazer para que pudéssemos ter o mesmo sobrenome.

Bem, eu vou listar os documentos que eu renovei, pode ajudar alguém à não esquecer de nada, além de dizer como fazer também. Muitos deles são mais fáceis do que imaginamos! Mas vou confessar que eu deixei parte deles vencerem para renovar, por motivos de preguiça, ou correria ou falta de tempo.

Os preços são os que paguei na época em que tirei os respectivos documentos, pode ser que esteja diferente agora. Mas é bom para termos uma base, né?

E se eu puder dar mais uma dica, comece pelo RG. Ele é a base para diversos outros documentos.

casamento

• Registro Geral (RG)
É o primeiro que você deve ir renovar! É o que demanda um pouco mais de tempo, e acaba sendo a base para os demais. Para atualizar, você precisa levar seu RG antigo, uma foto atual e a certidão de casamento.Se você mora no estado de São Paulo pode agendar o seu facilmente no Poupatempo (clique aqui)

Preço: R$30,31

• Cadastro de Pessoa Física (CPF)
O mais fácil de todos, sem dúvidas. Você precisa apenas levar um documento de identificação com foto (RG, CNH), certidão de casamento o cartão com o número antigo e pagar a taxa. O processo é feito na hora nas agências próprias dos correios, e você já sai de lá com o CPF alterado.

Preço: R$5,70

• Título de Eleitor
Também bem simples, e sai na hora. Você precisa ir até seu cartório eleitoral com CPF e RG, comprovante de residência, certidão de casamento e título de eleitor antigo. Pode ser que você tome um leve chá de cadeira, mas pelo menos o documento já sai na hora.

Preço: Gratuito

• Carteira Nacional de Habilitação (CNH)
Você também pode agendar no Poupatempo, é bem fácil e tranquilo. Eu esperei vencer a minha para então alterar o nome, assim eu não iria precisar pagar duas vezes (uma para a alteração de nome e outra para o vencimento).

No dia agendado você deve levar original e cópia dos seguintes documentos:

• CNH antiga
• Certidão de Casamento
• Comprovante de Residência

No meu caso como ainda mudei de cidade, tive que pagar a taxa de transferência de município, que foi de R$33,23.

Preço: R$33,23 para emissão + R$66,46 do exame médico + R$33,23 de taxa de transferência (se necessário).

• Carteira de Trabalho
Aproveitei que fui no Poupatempo e já aproveitei para mudar o nome também. Não precisa fazer uma outra carteira, eles simplesmente fazem uma anotação no final da carteira que seu nome mudou e está pronto! Demorei menos de dez minutos neste processo.

Preço: Gratuito

• Passaporte
Mais um documento que eu deixei vencer para tirar já com o nome de casada. O processo é simples e fácil, o que eu mais demorei foi para conseguir marcar a data da entrevista. Contei lá no Trippolis como tirar o passaporte (aqui).

Preço: R$156,07

• Visto Americano
Mais da lista do “deixei vencer para alterar”. O processo é simples, feito em duas etapas, mas sem grandes complicações. O visto americano apesar de ser carinho tem uma validade de 10 anos, então tenho aí 10 anos de cabeça tranquila para viajar 🙂

Preço: U$161

• Cartão Cidadão
Você deve comparecer à uma das agências da Caixa Econômica Federal com seus documentos (CPF, RG e certidão de casamento) e solicitar a segunda via. O cartão cidadão serve para você conseguir receber benefícios do governo, como FGTS, seguro desemprego e afins.

O cartão demora aproximadamente um mês para chegar na agência na qual você solicitou.

Preço: Gratuito

• Bancos
Eu tinha conta em três bancos, então lá fui eu mudar em todos. Para isso precisei comparecer à minha agência, com o cartão da conta, certidão de casamento e documento com foto. Foi bem tranquilo, a mudança foi feita na hora e um novo cartão foi emitido no meu nome, com prazo de entrega de 3 semanas.

Preço: Gratuito

• Certificado Internacional de Febre Amarela
Eu tinha o certificado aqui válido, e foi bem simples também mudar o meu. Precisei dar o número do meu CPF e apresentar um documento com foto. Só isso! O certificado foi alterado e impresso na hora, e eu só assinei antes do agente responsável carimbar para validar.

Também contei lá no Trippolis sobre a vacina contra febre amarela e o certificado internacional(aqui).

Preço: Gratuito

frustrated-girl

Óbvio que isso resultou em um monte de documentos que não uso mais, então foi ótimo eu ter cumprido a meta da organização dos documentos antes de renovar tudo, porque aí eu já conseguia achar facilmente os documentos que eu precisava e guardar os que não precisava mais. 

Assim temos mais uma meta cumprida, e com essa chegamos à incrível meta de 13 metas já cumpridas, um número que já considero ótimo antes do primeiro ano de projeto. E já aviso que tem mais meta ai cumprida antes de 31/12/2014. Oba!

Não deixe de conferir a lista completa de metas aqui.